.:: Mascaro Nascimento Advogados ::.
Notícias

Conteúdo Jurídico

Conteúdo Jurídico
Atuação
Boletins
Conteúdo Jurídico
Endereços
Jurisprudência
Reforma altera entendimento sobre natureza salarial de diárias de viagem
DIÁRIAS DE VIAGEM. SALÁRIO 
Integram o salário, pelo seu valor total e para efeitos indenizatórios, as diárias de viagem que excedam a 50% (cinquenta por cento) do salário do empregado, enquanto perdurarem as viagens.
 
Diárias de viagem são o valor pago pelo empregador ao empregado para custear despesas decorrentes do exercício de atividades fora da empresa, tais como hospedagem, transporte e alimentação. Trata-se, portanto, de uma verba sem natureza salarial, em princípio.
 
A súmula nº 101, do TST, porém, em razão da antiga redação do art. 457, § 2º, da CLT, possui o entendimento de que, se as diárias ultrapassarem o valor de 50% do salário do empregado, elas integram o salário.
 
A reforma trabalhista, por sua vez, alterou o dispositivo e excluiu esse limite, o que deve acarretar a mudança de entendimento da súmula em comento.
São Paulo: Tel: +55 11 2175-9000 - Fax: +55 11 3256-7401
© Mascaro Nascimento Advogados 2010 Todos os direitos reservados
Twitter Facebook LikedIn
Desenvolvido por: Original Design