.:: Mascaro Nascimento Advogados ::.
Notícias

Conteúdo Jurídico

Conteúdo Jurídico
Atuação
Boletins
Conteúdo Jurídico
Endereços
Jurisprudência
Integração salarial do empregado mensalista deve mudar com fim do limite para diárias
DIÁRIAS. BASE DE CÁLCULO PARA SUA INTEGRAÇÃO NO SALÁRIO

Tratando-se de empregado mensalista, a integração das diárias no salário deve ser feita tomando-se por base o salário mensal por ele percebido e não o valor do dia de salário, somente sendo devida a referida integração quando o valor das diárias, no mês, for superior à metade do salário mensal.
 
A Súmula nº 318, do TST, expressa o entendimento de que, no caso do empregado mensalista, quando o valor das diárias por ele recebidas no mês for superior à metade do seu salário mensal, elas serão integradas ao seu salário.
 
Trata-se de interpretação criada a partir da antiga redação do artigo 457, § 2º, da CLT, que limitava as diárias a 50% do salário do empregado.
 
Com a reforma trabalhista, porém, o dispositivo foi alterado, não havendo mais nenhuma limitação para o valor da diária, de modo que a redação da Súmula nº 318, do TST, deverá ser revista para adequá-la à nova regra.
São Paulo: Tel: +55 11 2175-9000 - Fax: +55 11 3256-7401
© Mascaro Nascimento Advogados 2010 Todos os direitos reservados
Twitter Facebook LikedIn
Desenvolvido por: Original Design